quinta-feira, 7 de maio de 2015

ALEMANHA - BRAUNSCHWEIG

O post de hoje será sobre a primeira parte da minha Eurotrip que começou na Alemanha, nessa viagem conheci 13 países e 33 cidades. 
Fui para o aeroporto de Guarulhos onde faria a conexão em Amsterdam e iria para Hannover, fiz o check-in, despachei as malas e sentei ao lado do portão de embarque para aguardar sermos chamados até que devido a falha mecânica na aeronave ficamos uma hora esperando, então como não tinha o que fazer, juntamos uma galerinha compramos uma cerveja e ficamos conversando até a hora do embarque.
Lanche do aeroporto

Entrei no avião e ao meu lado estava um casal que mora em Foz do Iguaçu, ficamos conversando até a hora que chegou o jantar, voei de KLM e adorei o serviço, as refeições são boas e a qualquer momento tem água, refrigerante, bolachas e doces disponíveis. Consegui dormir um pouco e devido ao atraso cheguei com 30 minutos para fazer a conexão. Como o embarque era bem longe de onde eu estava e a fila da alfândega estava enorme, acabei pendendo o vôo, sendo assim fui até o guichê de auto atendimento e uma funcionária acabou me colocando em outro vôo que saia em duas horas, ganhei um vale de cinquenta euros para qualquer vôo KLM e mais dez euros pra comer no aeroporto, comprei um folhado de alguma coisa picante que era horrível, um iogurte, chocolate e cookies, acabei sendo interprete para um pessoal que não falava inglês e todo mundo foi embora de barriga cheia.

Melhor sorvete da vida

O outro avião era muito pequeno e sentei com um cara que era igualzinho o vilão de areia do homem aranha kkk, o avião teve muita turbulência e fiquei morrendo de medo, cheguei no aeroporto e minha mala veio toda riscada, quando encontrei meu primo e ele disse que se eu quissesse reclamar, eles me dariam uma mala nova (igualzinho no Brasil hahahaha) preferi não abrir a ocorrência e fomos de Hannover para Braunschweig de carro. Chegamos no apartamento, tinha um cartaz de boas vindas feito pela minha prima e os dois filhinhos dela, tomei um banho rápido e fomos jantar.

O restaurante escolhido era um mexicano, pedimos um prato que vinha um pouco de tudo e tomei o suco de maça (muito comum na Alemanha), comecei a reparar nas diferenças de segurança, enquanto estávamos comendo as crianças ficavam brincando do lado de fora do restaurante e era super tranquilo.
Currywust


No dia seguinte fomos de bike até a Volks onde meu primo trabalha,e a bike é prioridade entre pedestres e carros, inclusive em todo lugar tem semáforos de bike e é comum vermos carrinhos acoplados para levar as crianças, além disso é obrigatório o uso de capacetes em todos, passamos também no mercado e almoçamos. Durante a tarde fomos conhecer a cidade e fiquei encantada, tudo é lindo e limpo, sentamos na praça pra tomar um sorvete maravilhoso de Raffaelo e depois fomos para o Occa Cabana. 


Lá é um bar com algumas tendas e a decoração é baseada na praia de Copacabana, sendo assim o chão é todo de areia, meus primos encontraram alguns amigos brasileiros e ficamos tomando cerveja, depois fui pra minha primeira balada na Europa, me perdi com o GPS e acabei indo em uma chamada Fever 42, a balada foi indicação e ela tem três ambientes e é lotada de gente bonita o problema foi a socialização, pois ninguém falava inglês.


 A cidra de maça é bastante comum nas baladas de lá, então fui provar uma e acabei ficando amigo da única pessoa que falava inglês naquele lugar, um paquistanes nascido na faixa de gaza, olha que beleza hahahaha, enfim ele era muito legal e ficamos conversando um bom tempo.

No dia seguinte fomos conhecer as pequenas cidades, a primeira foi Quedlinburg, fizemos um passeio de trenzinho bem de turista, almoçamos currywurst (salsicha típica), tomamos um sorvete e fomos conhecer os comércios e igrejas, um lugar super aconchegante e lindo, voltando a cidade estava tendo jogo do Braunschweig então sentamos em um barzinho e assistimos tomando uma cervejinha depois acabei indo no shopping comprar um condicionador e paguei 20 euros, uma verdadeira fortuna.

Jantei no restaurante Vapiano uma pizza inteirinha pra mim e fui pra próxima balada, acabei indo em uma que tinha procurado na noite anterior mas não encontrei,isso porque a entrada era muito escondida e passei despercebida, não gostei muito dessa porque era pequena e e tava tocando umas músicas muito ruins.

Fomos conhecer também a cidade chamada Celle, todas as cidades são bem parecidas e possuem o mesmo estilo de arquitetura, lá eu tomei o melhor sorvete de tooooda minha vida, ele era incrível, o formato dele era de lasanha e o sabor sensacional. Nessa noite fiz as minhas malas pois no dia seguinte iria pra Berlim.

Assunto que será do meu próximo post. PROST!