sexta-feira, 3 de abril de 2015

HOLANDA - AMSTERDAM

Essa semana foi um pouco difícil, pois perdi um amigo que conheci na viagem para Europa, mochileiro com 23 anos só queria conhecer o mundo assim como eu, então nada mais justo que o próximo post ser sobre o lugar que passamos mais tempo juntos: Amsterdam.


Em uma parte da viagem acabei fazendo com um grupo de australianos, com uma agência chamada Contiki (depois faço um post explicando sobre eles) estávamos vindo de Rhine Valley na Alemanha e nossa última parada seria na Holanda.

Almocei Burger King pois era o que o meu dinheiro permitia pagar no momento e depois fomos para uma loja que confeccionam Clogs. Para quem não sabe, são sapatos típicos feitos de madeira que são barulhentos mas bem confortáveis, vimos o artesão fazer um e depois quem quis comprou alguns pares de sapatos.


Assim que chegamos na cidade fomos andar de bicicleta para conhecer tudo e depois fomos para o hotel, dormi pela tarde pois estava absurdamente cansada e depois me arrumei para jantar no hotel.


Fomos para o Red Light District, lugar onde ficam as "moças da noite" de biquinis se exibindo em portas de vidro, se a cortina estiver fechada elas estão trabalhando. Em uma mesma esquina tem um sex shop, um bar, uma escola infantil e uma igreja, o que torna o lugar bem interessante e diferente.


A primeira parada da noite começou quente, nós fomos para a Casa Rosso,local de show erótico com direito a strip e coisas que nem precisam ser comentadas nesses blog hahahahaha, foi uma das situações que nunca imaginei que passaria na minha vida, mas acabou sendo uma experiência bem legal com direito a dois copos de cerveja. Saindo de lá fomos conhecer as lojas e comércios, têm vários sex shops, estúdios de tattoo, lojas de alucinógenos e bares. 


Começou a chover muito forte então entramos em uma loja de alucinógenos, é muito engraçado porque no cardápio tem diversos tipos de cogumelos com nomes de animais e a sensação que eles passam, então por exemplo se você compra o da borboleta você vai sentir que está voando, além de ter níveis como iniciantes, intermediários e level hard, a atendente passa muitas informações de como manipular e comer o cogumelo, eu como morro de medo dessas coisas e não tive o mínimo interesse passei a vez mas alguns amigos entraram na onda e ficaram "mucho doidos". Saímos de lá e fomos para um bar chamado Players para curtir a noite, acabei me encontrando com um amigo brasileiro e a festa terminou no bar do hotel com todo mundo ensopado por causa da chuva umas seis horas da manhã.



No dia seguinte fui com uma amiga fazer compras, chegamos as nove horas estava tudo fechado então tiramos algumas fotos e esperamos elas abrirem. Acabei comprando um narguile por 10 euros achei barato e algumas lembrancinhas pra família, almoçamos no Mc Donalds e encontramos um amigo pra continuamos passeando, fui conhecer a biblioteca de Amsterdam e achei incrível. Meus amigos decidiram fazer o passeio no canal, eu não estava afim então fiquei vagando pela city e acabei conhecendo um grupo de brasileiros que estavam na Europa pelo ciências sem fronteiras, conversamos um pouco e fui encontrar o pessoal da Contiki para jantarmos em um restaurante chinês, a comida estava maravilhosa com um monte de pratos gourmet que nem sei explica o que eram, destaque para sobremesa que era um empanado de abacaxi com sorvete que achei o máximo mesmo odiando abacaxi.


Saimos do restaurante e mais uma vez fomos pra night a primeira parada foi o coffee shop Bulldogs, lugar famoso entre os turistas com duas partes separadas, uma pra quem fuma e outra não, saimos de lá e fomos para um bar de shots, tinham varias opções como: Harry Potter, Marshmallow, Bubblegum, entre outros, estava tão bom lá que eu e um amigo fomos esquecidos pelo grupo, quando percebemos saímos correndo e fomos para o próximo bar junto ao grupo, devo admitir que os bares grandes são bem legais mais os menores e mais intimistas são melhores.


Esta foi nossa última noite com o grupo inteiro, no dia seguinte a maioria iria embora e junto com o fim da viagem foi o fim do meu dinheiro, tinha comprado minha passagem de volta pro dia oito de outubro e ainda ficaria mais duas noites em Amsterdam sem dinheiro para mais nada, inclusive hospedagem, minhas diárias no hotel tinham acabado e não tinha o que fazer, nesse dia encontrei o Luis, ele estava em outro grupo da Contiki, haviamos nos encontramos em Veneza e na Suiça e quando estava sendo despachada do hotel ele me ofereceu um lugar pra ficar com ele junto com uns amigos, então deixei minhas malas no quarto, ele foi para o passeio dele e eu fui almoçar com uma amiga, comi um kebab depois passei a tarde conversando com um pessoal no hotel e de noite gastei meus últimos euros jantando um temaki. 


Esperei o Luis chegar, nos esprememos cinco em um quarto minusculo, mas deu tudo certo fora a bagunça absurda com a quantidade de malas.

No último dia juntamos as moedas que sobraram e conseguimos comprar pão, salame e queijo passamos o dia inteiro no quarto do hotel conversando, comendo e assistindo televisão pois não tinhamos dinheiro nem pra sair. No dia seguinte meu voo era as 7h00 e o dele as 16h00, pedimos um táxi pelo hotel mas parecia que era clandestino porque o carro era bem antigo e o motorista estranho, chegamos no aeroporto cedinho e como era meu aniverário o Lu me deu uma panqueca e uma corona como presente provisório, porque o real ele me deu alguns meses depois um show que eu sempre fui doida pra assistir e esse foi meu último dia na Europa fim da minha trip em ótima companhia :)






Nenhum comentário:

Postar um comentário